12 de nov de 2013

Rock em Santarém ganha nova banda de metal

Cerbero de Hades ensaiando

A cena rock em Santarém possui bandas com variadas opções de gêneros, que vem desde sons alternativos aos mais pesados.  O heavy metal ganha destaque no cenário rock da cidade, pelo número de adeptos do som e pelos grupos musicais que valorizam o estilo. 

Bandas se renovam, param, voltam à ativa e a cada momento surge alguma para se incluir no rock local, contribuir e enriquecer cada vez mais ao meio em que pertencem como é o caso dos músicos da banda Cerbero de Hades, cujo nome originou-se de história de mitologia grega, na qual Cérbero é um cão de três cabeças que guarda as portas do mundo dos mortos governado por Hades, o deus da morte. 

Formada atualmente por Ângelo ocupando a função de guitarrista, o segundo guitarrista mais “melódico” e que cumpre, também, a função de vocalista, Glauco Pantoja, Silvan na Bateria e o Baixista (multi-instrumentista) bom tanto de marcação como de groove, Júnior Alves, pretendem mandar um som agressivo e forte, com o objetivo principal de divulgar o rock ‘n’ roll, em especial as suas vertentes mais pesadas como o heavy metal a qual estão mais focados, o thrash metal e o hard rock.

O grupo existe desde julho e se concretizou desde o início, pois tão logo, com a formação da Cerbero, os componentes demonstraram afinidade tanto musical como pessoal e como uma válvula de escape, tocam músicas das quais gostam. E na atual conjuntura, estão empenhados em se apresentar em lugares que possuam relação com a proposta de divulgar o rock. 

A Cerbero contém cerca de setenta músicas feitas pelo vocal e guitarra da banda, dessas apenas uma já foi ajustada, cuja faixa se chama No way, girl, que fala de amor. Mas em geral, as letras variam muito, indo do amor ao egocentrismo humano, ou de guerras aos sentimentos de repressão.

Além das músicas autorais a banda faz covers de bandas como, Iron Maiden, Metallica, Megadeth, Dr. Sin, Pantera, Death, Guns and Roses, AC/DC, Deep Purple, Black Sabbath, Ozzy Carreira solo entre outros.

Os planos do quarteto no momento é encontrar uma oportunidade para estrear, aperfeiçoar todas as músicas do repertório (cerca de 40) e acrescentar mais canções.

Está em vista à apresentação do grupo no Natal Brutal que ocorre geralmente no mês de dezembro, uma chance ainda não confirmada, mas que se torna de grande importância para que a estreia seja consolidada e adentrem finalmente ao circuito de shows da cidade.



Texto e Edição: Andriene Moura
Fonte e Fotos: Glauco Pantoja

3 comentários:

Anônimo disse...

PO LEGAL!!SÓ ASSIM O METAL SANTARENO CRESCE MAIS.

Anônimo disse...

Mto massa! Boa sorte a banda!!! o/

sofia manzin disse...

Olha só, professor Glauco :)

Postar um comentário