14 de mar de 2015

Brutal Attack apresenta quatro bandas no Autobots

Hoje acontece,14, no Autobots, o evento mais esperado do mês, o Brutal Attack, por volta das 20h a Cangaceiro do Inferno inicia as apresentações, logo em seguida a Decaptor, depois Fatal Killer e por fim e fechando o show a Sádico Infesto. Além das bandas, haverá sorteios de CDs dos trabalhos dos grupos, ‘Gstruds’, ‘Luciferiano’, ‘Order of Tepes’, ‘Caçador de Almas’, ‘Agathocles e o lançamento oficial da demo da Cangaceiro do Inferno.

A primeira apresentação da noite, Cangaceiro do Inferno, irá mandar autorais, entre elas estão ‘Corporation’, ‘Convulsão Social’, ‘Alcolatras Avantes’, ‘Utilidade Pública’, ‘Corredor da Morte’, ‘Sindicato Clandestino’ e um cover de Seputura com a música ‘Infected Voice’.

A Decaptor segue a mesma linha investindo em músicas autorais. Irão mandar cinco músicas novas que inclusive vão estar no próximo Cd do grupo. Algumas delas são ‘ ‘Chaos and Destruction’,  ‘Disgrace’, ‘Sap of death’ e ‘Choose my destiny’.

A Fatal Killer também manda músicas próprias e se destaca por ter dois  vocalistas. O repertório dessa noite ficou definido da seguinte forma, ‘Tortura Eterna’, Lágrimas de Santa’, ‘Carniça Alheia’, ‘Câmara de Gás’, ‘Porcos sem noção’, ‘Estrada fria’, ‘Dez mil desgraças’, ‘Ácido’ e ‘Egoísta’.

E pra finalizar a destruição, a Sádico Infesto que estará pela primeira vez na cidade, esperam ter uma boa recepção do público e apresentaram algumas músicas como ‘Dissected but still alive’, ‘Morbid sexual retaliation’, ‘Sexcrement ritual’, ‘Fornication for domination’.

A expectativa segundo o organizador, Nilberto Borges, é que a galera compareça para que possam continuar fazendo shows e trazendo outras bandas de fora. Assim como a já planejada para tocar na cidade, a banda ‘Disgrace and Terror’ no mês de maio.

Os ingressos para o show estão sendo vendidos na Loja Tribos Urbanas e na hora do evento também estarão disponível. O Autobots fica localizado na Barjonas de Miranda canto com a Mendonça Furtado, ao lado do posto Equador.

Texto e Edição: Andriene Moura

Fonte: Organização e bandas

0 comentários:

Postar um comentário